Hospital Micro Regional
14 de novembro de 2017

Proposta de criação de Hospital Público Regional de Fronteira é aprovada em audiências públicas

As audiências foram convocadas pelas prefeituras dos cinco municípios e realizadas entre os dias 23 a 31 de outubro

 

Os cinco municípios participantes do projeto de criação de um Hospital Público Regional de Fronteira de pequeno porte, através de Consórcio Intermunicipal, já realizaram as audiências públicas para debater o estudo de viabilidade realizado pelo SEBRAE. Todos os participantes aprovaram por unanimidade a continuidade dos estudos e andamento do projeto. A próxima etapa é definir o local e garantir recursos para a construção. Fazem parte do projeto os municípios que Capanema, Realeza, Planalto, Pérola D’Oeste e Bela Vista da Caroba.

 

  1. acordo com o estudo apresentado pelo consultor do SEBRAE Tarcísio Reinehr, tecnicamente o local mais centralizado é no trevo da PR - 281, em São Valério (município de Planalto). Nesse caso, a distância maior a ser percorrida para acessar o Hospital seria o município de Capanema - 18 quilômetros, e a menor seria Pérola D’Oeste - 12 quilômetros. Atualmente os atendimentos são realizados em sua maioria em Francisco Beltrão e Curitiba. Alguns, em menor quantidade, são encaminhados para Cascavel e Pato Branco.

 

TRANSPORTE E PENSÃO - Essa distância, além de gerar um alto custo aos municípios com transporte, alimentação e pensão, causa sofrimento aos enfermos que têm que se deslocarem até 600 quilômetros para serem atendidos em Curitiba, por exemplo. “São 1,2 mil quilômetros de ida e volta até Curitiba, enfrentando estradas muitas vezes mal conservadas e correndo risco de acidente”, ressalta o deputado federal Assis do Couto (PDT-PR), que tem acompanhando todas as discussões a respeito da criação do Hospital Regional de Fronteira.

 

Dados apresentados pela Secretaria de Saúde do Município mostram que apenas no ano de 2016 o município de Planalto, por exemplo, gastou R$ 495,4 mil com transporte e hospedagem de pacientes, sendo R$ 97,8 mil com passagens, R$ 98,9 mil com pensão, R$ 81,1 mil com diárias de motoristas e R$ 217,5 com combustível.

 

Já o município de Capanema, conforme dados da Prefeitura, gastou R$ 719,7 mil com transporte e hospedagem de pacientes, sendo R$ 193,8 com passagens, R$ 110,9 com pensão, R$ 96,6 com diárias e R$ 318,3 com combustível.

 

O SEBRAE visitou hospitais de pequeno porte para levantar o custo aproximado de manutenção. Com base nessas visitas, estima-se que o custo de manutenção gire, em valores atuais, em torno de R$ 350 mil/mês. Dividindo esse valor pelo número de habitantes da região – 60 mil, chega-se a um valor de R$ 5,84 por habitante. A título de exemplo, o município de Capanema teria um custo de R$ 112,5 mil por mês, bem abaixo dos R$ 185,5 mil que gasta atualmente com os Hospitais Sudoeste e São Francisco. Já o município de Planalto teria seu custo reduzido de R$ 116,1 mil mensais para R$ 81 mil.

 

INSTALAÇÕES - Inicialmente a estrutura física seria de 2 mil metros quadrados, contemplando áreas de urgência/emergência, clínica médica, gineco-obstetrícia e maternidade, pediatria, clínica cirúrgica, clínica nutricional, saúde mental e áreas de suporte (lavanderia, farmácia, cozinha etc.). O custo previsto com a construção é de R$ 5.439,360,00.

 

Os recursos para a construção, equipamentos, móveis, utensílios e viaturas, de acordo com entendimentos políticos seriam custeados pelos governos Estadual e Federal, mediante repasse de emendas parlamentares. Nesse sentido, o deputado federal, grande incentivador do projeto, já garantiu recursos para o projeto no orçamento de 2018. Já o Consórcio, dentro das suas possibilidades, participará para equipar e viabilizar e, depois, manter a Unidade de Saúde.

 

Por fim, o estudo apresentado demonstra que a viabilização do projeto traria uma economia em torno de 4,48% a 7,54% no orçamento anual dos municípios. Além disso, os recursos investidos na área de saúde permaneceriam na própria região, diferente do que ocorre atualmente.

Fonte: Marcia Raquel
 
   Agenda
29
dez
Jantar Dançante Comunidade de Centro Novo
15
dez
Almoço Comunidade km 43
14
dez
Baile de Formatura Colégio Estadual José de Anch
09
dez
Festa da Padroeira Comunidade Santa Luzia
07
dez
Baile de Formatura Colégio Estadual João Zacco P
02
dez
Matinê da 3° Idade km 43
02
dez
Festa do Padroeiro da Comunidade de Santa Barbara
25
nov
Festa do Padroeiro da Comunidade de Santa Cecília
24
nov
Jantar Dançante Comunidade São Valério
18
nov
Festa da Padroeira Comunidade Esquina São Paulo
18
nov
Almoço Comunidade São João
17
nov
Jantar Dançante Comunidade de Lajeado Muniz
11
nov
Trilha da Mata
07
nov
Expo Cultura-Festival de Música 2018
21
out
Matine da 3° Idade Km 43
21
out
Almoço Comunidade Lajeado Mirim
20
out
Baile do Chopp Comunidade de Centro Novo
14
out
Festa do Padroeiro da Comunidade de Linha São Mig
14
out
Pega Porco no Banhado
13
out
Festa da Padroeira Comunidade Lajeado Lambari
13
out
Jantar Dançante Comunidade Linha São Paulo
30
set
Festa BOI NO ROLETE Comunidade de São Vicente
23
set
Almoço Comunidade Linha Santos Dumont
23
set
Almoço Comunidade Lajeado Mirim
23
set
Festa da Padroeira Comunidade Linha Sete de Setemb
16
set
Festa Igreja Luterana Congregacional São Paulo
09
set
Almoço Comunidade São Valério
07
set
Desfile Cívico
02
set
Semana Farroupilha
31
ago
Cavalgada da Integração
26
ago
Almoço Comunidade Lajeado Mirim
19
ago
Festa do Padroeiro da Comunidade de São Roque
12
ago
Semana da Família
11
ago
Noite da Bisteca
04
ago
Jantar Dançante Comunidade de Barra Grande
03
ago
4° Liquida Planalto
29
jul
Festa do Agricultor
25
jul
Festa do Colono e Motorista
23
jul
Semana Empresarial ACEP
Praça São Francisco de Assis, 1583
CNPJ: 76.460.526/0001-16
Emancipação: 24/06/1963
Instalação: 11/11/1963
 
Contato:
(46) 3555-8100
Horário de Atendimento:
2017/2018 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual